domingo, 13 de maio de 2012

Para todas as Mamães que por aqui passam...

Por Mônica de Castro

Ser mãe é receber o toque dos anjos e recolher no coração um pedacinho do céu para ser partilhado com todos os seus filhos. É por isso que toda mãe tem um pouco de anjo, um pouco de céu no sorriso. Mesmo quando triste
s, elas não deixam de ser alegres, porque a alegria das mães é ver os seus filhos bem e felizes. Nesse domingo, que todas as mães consigam sentir a verdadeira essência da palavra mãe, mother, madre, mutter, ou seja lá como se diga em qualquer língua, mas que significa, em todas, uma única coisa: amor.



Por Mônica de Castro

Todas as mulheres que assumiram o encargo de criar uma criança, sejam mães, tias, avós, parentes distantes, amigas ou mães adotivas são as verdadeiras mães. Dizer que mãe é aquela que cria é muito pouco. Mãe é aquela
que ama. Todas as mulheres que se encontram nessa posição são mães, independentemente do elo que as liga à criatura posta sob seus cuidados. A elas, a vida é grata pelo seu desprendimento e sua enorme capacidade de amar. E Deus lhes deu a recompensa maior da satisfação do dever cumprido e de serem amadas. Nesse círculo de amor recíproco, ninguém ganha mais nem menos. O amor é para todos, para ser sentido, vivenciado e partilhado.